Quem somos

Compreendendo o número 350 em 90 segundos (vídeo) Nossa missão Manifesto da 350.org Apresentação institucional (2012)

Compreendendo o número 350 em 90 segundos (vídeo)

Nossa missão

A 350.org está construindo um movimento global para unir o mundo em torno de soluções para a crise climática – as soluções que a justiça nos exige. As nossas campanhas online, organização de bases e ações públicas de massas são conduzidas de baixo para cima por milhares de organizadores voluntários em mais de 188 países. A nossa missão é inspirar o mundo para que este se erga à altura do desafio da crise climática – criando um novo sentido de urgência e de possibilidade para o nosso planeta. 350 significa segurança climática. Os cientistas dizem que devemos reduzir a quantidade de CO2 na atmosfera a partir de seu nível atual de 392 partes por milhão para abaixo de 350 ppm.  Se não conseguirmos ficar abaixo desse número, os eventos extremos, que são já visíveis e os demais prejuízos ocasionados pelo aquecimento global se tornarão cada vez mais frequentes e graves. 350 é mais que um número – é um símbolo da meta que a humanidade precisa perseguir para preservar o planeta e sua própria existência. A 350.org trabalha incansavelmente para se organizar de novas maneiras – em todos os lugares ao mesmo tempo, utilizando ferramentas on-line para facilitar a ação estratégica offline. Queremos ser um laboratório para testar as melhores maneiras de fortalecer o movimento climático e catalisar a transformação em todo o mundo. Operamos em grande escala para enfrentar o maior desafio do mundo. Em outubro de 2009, coordenamos 5.200 marchas e manifestações simultâneas em 181 países, naquilo que a CNN chamou de ‘o mais abrangente dia de ação política na história do planeta.’ No dia 10/10/10, milhares de pessoas em 188 países e mais de 7.000 eventos participaram da ‘festa global de trabalho’ em todo o mundo. As pessoas instalaram painéis solares, plantaram jardins comunitários, buscaram suas próprias soluções climáticas – e passaram uma forte mensagem aos nossos líderes: ‘Se nós podemos meter mãos à obra para trabalhar em soluções para a crise climática, vocês também podem.’ Ainda em 2010, lançamos o projeto 350 EARTH, com obras de arte com temas relacionados às mudanças climáticas, cada uma com tamanho suficiente para ser vista do espaço. Em 2011, organizamos o ‘Moving Planet – um dia para ir além dos combustíveis fósseis’. Inspirados nas manifestações de liberdade que vêm acontecendo pelo mundo, milhares de pessoas saíram às ruas de diversas cidades do mundo em mais de 180 países demandando as mudanças necessárias para que nós tenhamos um futuro sem combustíveis fósseis, que é a principal causa de emissão de CO2 na atmosfera e, consequentemente, o principal causador da crise climática. A 350.org está aprofundando a sua missão e tentando criar soluções em cada lugar do planeta. Nós sabemos que o desafio é muito grande e que os países reagem de forma diferente nas decisões sobre o clima. Por isso, para além do nosso já tradicional dia global de ação, estamos promovendo também campanhas nacionais e regionais mundo afora. Com a ajuda de milhões de pessoas, vamos criar uma onda de ativismo climático que vai atingir todo o mundo para levar a uma mudança de grande escala real e duradoura. Nós achamos que podemos virar o jogo sobre a crise climática – mas apenas se trabalharmos juntos. A nossa teoria de mudança é bem simples: se um movimento internacional de bases conseguir responsabilizar os nossos líderes vinculando-os às últimas descobertas científicas e aos princípios de justiça, podemos promover a transformação global de que tanto precisamos e que garantirão um futuro melhor para todos. Valores estratégicos AMBIÇÃO - A crise climática é o maior desafio que vamos enfrentar e devemos encará-la e tomar medidas drásticas na escala necessária. CRIATIVIDADE - A crise exige novas ideias e estratégias – e muita experimentação! ALEGRIA - Este trabalho é gratificante e divertido em suas muitas complexidades. ABERTURA - Nós ouvimos e aprendemos com a nossa comunidade ao moldarmos o que fazemos.

Manifesto da 350.org

350 é o limite máximo de segurança para a concentração de dióxido de carbono na atmosfera (medido em partes por milhão) acima do qual o planeta entra em um estado de crise climática. Nosso trabalho é reduzir as perigosas emissões de carbono através da construção de um movimento popular, do afastamento dos combustíveis fósseis e do uso nocivo da terra, impulsionando uma economia baseada na energia limpa e, no processo, transformar nosso planeta em um lugar habitável, alegre e justo. Procuramos incorporar os seguintes princípios em nosso trabalho conjunto: Somos um movimento global de cidadãos que trabalha para resolver a crise climática. Somos cidadãos globais organizados para transformar nossas comunidades locais. Trabalhando em solidariedade, cruzando idiomas e atravessando continentes, formamos uma poderosa rede mundial unida por nossa mesma humanidade e por nosso compromisso em resolver a crise climática. Nós nos empenhamos em construir um movimento inclusivo e capacitado. Do local ao internacional, estamos abertos e receptivos a novas ideias e iniciativas assim como a formar novos líderes para que as levem adiante. De grupos religiosos a escolas e líderes empresariais e muito mais, nós trabalhamos com uma diversidade de grupos e indivíduos porque necessitamos urgentemente das ideias de todos e do compromisso de todos para gerar a mudança que precisamos. Estamos comprometidos com a ação real, não apenas a falar. Nós trabalhamos com rapidez e eficiência, compartilhamos o trabalho com os demais, não há lugar para ego ao organizar, por isso dizemos “sim” tanto quanto possível. Nós nos esforçamos para permanecer flexíveis, ágeis e para fazer muito com poucos recursos e, desse modo, nos concentrarmos em tomar medidas para atender nossas comunidades. Nós pensamos e agimos para dimensionar o problema. Pensar grande e ser ambicioso em nossas campanhas em todos os níveis não é apenas o necessário para enfrentar a crise climática, também é o mais eficaz para ganhar ímpeto e para inspirar as pessoas a se juntarem a nós. Criatividade é a pedra fundamental  do nosso trabalho. Por meio de símbolos, arte e ações criativas, nós ajudamos nossas comunidades, a mídia e nossos líderes a visualizar os problemas e as soluções para as mudanças climáticas. Formas criativas de comunicação muitas vezes falam mais diretamente com nossos corações e proporcionam uma bela lembrança daquilo que nos esforçamos para proteger. Como organizadores, nos conectamos com o coração e a alma, tanto quanto com o cérebro. A crise climática é uma questão ética, agir de forma significativa traz peso moral a nosso trabalho e aprofunda nosso compromisso com a causa e com os demais. Através dessa conexão, somos mais capazes de lidar com as mudanças drásticas em nosso planeta e imaginar o mundo que queremos construir. Só vale a pena fazer parte de um movimento se ele é divertido. Nós dançamos, cantamos, comemos, brincamos e contamos piadas porque estas coisas elevam nosso espírito, nos dão esperança e nos mantêm motivados para os diversos desafios (e vitórias) que estão em nosso caminho em direção a um futuro sustentável e de energia limpa. Nós usamos a tecnologia de forma criativa para apoiar a organização no mundo real. Nós sabemos que a tecnologia não é um substituto para os relacionamentos reais ou para testar as técnicas de organização, mas ela pode ajudar a catalisar nosso movimento de novas e emocionantes maneiras, se aplicada de forma criativa e com um toque humano. A tecnologia nos permite ver, entender e agir em solidariedade com nossos irmãos e irmãs ao redor do mundo, somos uma comunidade ligada pela tecnologia. Não somos especialistas, mas sabemos o suficiente sobre a crise climática para falar a verdade. Nós acompanhamos a ciência e a política da melhor maneira possível, mas também sabemos que não conhecemos cada pedaço de informação para defender nosso futuro. Reconhecemos que falar a verdade sobre a ciência e a injustiça é tanto nossa responsabilidade e quanto nossa estratégia mais eficaz. Embora a ciência seja importante, as histórias fazem nosso movimento poderoso e humano. Todos temos nossas histórias envolventes e nos comunicamos através dessas histórias para ganhar cobertura da mídia de massa, para multiplicar nosso movimento e para reiterar nossa humanidade comum. Seja uma corajosa manifestante solitária no Iraque ou uma comunidade que se une para enviar bicicletas para a pequena ilha de Nauru, compartilhar histórias inspira nosso movimento. Não usamos meios violentos para alcançar a mudança. Estamos comprometidos com a não-violência, inspirados pelo espírito de Gandhi, Martin Luther King Jr. e de outros manifestantes pacíficos que vieram antes de nós. Nenhuma violência, nenhum dano à propriedade, adotamos a forma de pensar de nossos amigos da Peaceful Uprisings: “Reconhecemos um movimento não violento como a forma mais eficaz de criar um mundo justo e saudável”. Apresentação institucional (2012)